Presépio de Meias

A nossa mudança para a aldeia implicou mudar as crianças de escola e, como aqui não há colégios a Mafalda está na escola pública e as pequenas numa IPSS. Uma das grandes diferenças entre esta realidade e a que conhecíamos antes é, precisamente, o esforço que é pedido aos Pais. Nos colégios há um grande esforço financeiro mas a escola faz tudo, compra tudo, prepara tudo, acompanha o estudo dos alunos, corrige os trabalhos de casa, está tudo incluído na mensalidade (com muito poucas excepções).

Na nossa nova realidade o esforço não é financeiro mas sim de tempo: há um grande dispêndio de tempo (que tenho tanto ou menos que dinheiro!): os pais fazem tudo, preparam tudo, compram tudo. É preciso levar comida para os lanches, todas as semanas é preciso um novo material para um novo projeto, a festa de Natal também é feita pelos pais, e mais comida para levar. Vezes 3. É bom poder fazer parte da comunidade escolar e estar mais envolvida no quotidiano escolar das miúdas, mas há alturas em que as solicitações são tantas que atender a tudo passaria a ser um emprego a tempo inteiro. E eu, ao contrario de uma boa maioria desta comunidade escolar, já tenho um emprego a tempo inteiro, que me rouba o tempo para ser uma parte mais activa desta comunidade.

Um dos “desafios” desta quadra de Natal foi um concurso de presépios em que a Mafalda quis participar. É claro que ao fim de 7 anos a ver a mãe “fazer coisas” o monstro está mais do que criado (mea culpa) e não foi nada fácil escolher um projeto que fosse viável, em termos de tempo e de materiais que já tivéssemos em casa. Ela queria fazer uma coisa muito elaborada e eu entendi que o projeto deveria ser feito em grande parte por ela, mesmo que não ficasse elegível a prémio nenhum. Ela queria lã nos cabelos e panos nas roupas e claro que bonecos nasceram!

DSCN2611_1

Os bonecos foram feitos com meias de bebé que perderam os pares. Foi uma boa maneira de fazer desaparecer 6 meias sem par! A Mafalda encheu os bonecos com o enchimento de lã, cortou as rodelas de cartão na base e as respetivas rodelas de feltro e colou os olhos. Ainda a fiz coser os cabelos de um dos Reis Magos, só para ela perceber o trabalho que dá! É claro que ela não chegou a acabar mas ficou com a ideia do trabalho envolvido nisto, e sobretudo ficou com a ideia que a mãe não é nenhum mágico a tirar coelhos da cartola ou uma fada com uma varinha de condão que faz aparecer as coisas!

DSCN2613_1

E foi só pela insistência dela que o presépio teve direito a Reis Magos, porque por mim ficava-me só pela Sagrada Familia!

DSCN2614_1

Vá que até ficaram engraçados de tão patuscos que estão! Mas não dava para fazer 3 presépios, pois não?


Tagged , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Presépio de Meias

  1. Dina Magalhães says:

    Adoro, se não os quiserem eu fico com eles, lol. Estão lindos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>